Ubatuba recebe em julho Vivência Malinkê da República da Guiné

Ubatuba recebe em julho Vivência Malinkê da República da Guiné

Uma parceria FundArt e Oficina Cultural Altino Bondesan, de São José dos Campos traz para Ubatuba em julho Vivência Malinkê da República da Guiné: Danças e Percussão.

O ritmo dos tambores do Oeste da África entrelaçados aos cantos de trabalho e exercícios corporais, conduzirão os participantes pela complexidade rítmica da Guiné (guiados pelos toques originais do Djembê, Kenkeni, Dunum, Sangban) estimulando o poder criativo, a leveza, a flexibilidade, a aprendizagem social, e interações rítmico-expressivas.

Os facilitadores da vivência Fanta Konatê e Luis Kinugawa desenvolvem por meio do Instituto África Viva um conjunto de ações voltados à ancestralidade africana e à contemporaneidade da “Diáspora” através dos tambores, dança e material multimídia.

A atividade acontece no dia 25 de julho em frente ao Sobradão do Porto e os interessados deverão fazer a inscrição na sede da FundArt, localizada na Praça Nóbrega,  54, Centro. Serão disponibilizadas 30 vagas para os primeiros. Inscrições até 23 de julho. Informações pelo telefone: (12) 3833-7000.

Luis Kinugawa é músico terapeuta e percussionista especializado na cultura da Guiné Conacri, criador da Biomúsica Sem Fronteiras. Estudou o tambor djembê e a tradição malinkê na África, coordenando projetos de biomúsica em campos de refugiados e com adolescentes de rua na Guiné e ex-combatentes na Serra Leoa e também nas organizações: “Enfants Refugiées du Monde”, Médicos Sem Fronteiras e Warchild..

Fanta Konatê é Bailarina, Compositora e Cantora da República da Guiné, filha do Mestre Djembefolá Famoudou Konatê, sua família é uma das mais representativas da arte tradicional malinkê, berço do djembê e da música dos griots. Possui um trabalho artístico internacional tendo já excursionado pela Suécia, Japão, Polônia, EUA e África Oeste.

O Instituto África Viva disponibilizará djembês, dununs e talking drums para os 30 participantes da vivência.

Serviço

  • Coordenação: Luis Kinugawa e Fanta Konatê
  • 25/7 (sábado) 18h às 22h
  • Público: músicos, estudantes de percussão e interessados na cultura africana.
  • Inscrições: até 23 de julho
  • Seleção: primeiros inscritos
  • 30 vagas
  • Endereço: Praça Anchieta, 38 (em frente ao Sobradão do Porto), Centro – Ubatuba/SP
Funcionario
/* * VLibras */