Luis Perequê, Carlinhos Antunes, Quarteto Mundano E.P.C encerram a III Semana do Mar

Luis Perequê, Carlinhos Antunes, Quarteto Mundano E.P.C encerram a III Semana do Mar

O Projeto Tamar, o Aquário de Ubatuba e a Prefeitura Municipal de Ubatuba, com apoio do Instituto Arcor Brasil, e o patrocínio oficial da Petrobras, realizam a ‘III Semana do Mar’, entre os dias 05 e 11 de junho de 2016. O evento faz parte da Programação da 7ª edição do ‘Festival da Mata Atlântica: Floresta, Rios e Mar’, com o objetivo de sensibilizar, refletir e realizar ações em prol da proteção às tartarugas marinhas, aos mares e oceanos.

A programação já contou com atividades especiais e marcantes, e ainda tem muito mais pela frente!

Amanhã, 11/06, o dia começa com o mutirão de limpeza de praia (adiado do último sábado por causa do mau tempo), que será realizado na areia da Praia do Itaguá em frente à “Praça da Baleia”, a partir das 9:00 h. A limpeza também acontece no mar, pela baía do Itaguá com pranchas de SUP (Stand Up Paddle) e no mergulho para a retirada de resíduos em maiores profundidades. A atividade ocorre com a participação de integrantes do Aquário de Ubatuba, Instituto Argonauta, Projeto Tamar, Cooperativa Educacional e Projeto Albatroz, além de outros parceiros.

Ao meio dia, no mesmo local, haverá a soltura de tartarugas marinhas. Após a soltura o personagem Tortuguita fará a distribuição de chocolates juntamente com o abraço do Albatroz, realizado pela equipe do Projeto Albatroz.

Às 20:00, o Projeto Tamar apresenta uma atração musical imperdível, que conta com o patrocínio do Instituto Arcor Brasil: Luís Perequê e Carlinhos Antunes se apresentam com Quarteto Mundano, e a participação especial de P. C. Castilho. O evento, que conta com o apoio do Silo Cultural de Paraty, marca o encerramento do VII Festival da Mata Atlântica: Floresta, Rios e Mar e da III Semana do Mar. A entrada é gratuita.

Luís Perequê é músico e compositor nascido em Paraty – RJ. Fundou o Silo Cultural José Kleber, espaço que se propõe a revelar talentos locais e a preservar e divulgar a cultura caiçara. Também criou a Rede Caiçara de Cultura, que foi representante do segmento Caiçara na Comissão de Políticas Públicas para Comunidades Tradicionais do Ministério do Meio Ambiente. Recentemente, debateu com Gilberto Gil sobre formas de preservação da cultura local frente ao impacto de um turismo maciço e ininterrupto, e expôs sua ideia de defeso cultural, com propósitos que se assemelham ao do defeso marítimo. Atualmente, é considerado o principal interlocutor da Cultura Caiçara, frente à modernidade e ao diálogo universal que busca o equilíbrio entre o respeito à diversidade e o intercâmbio dos conteúdos culturais que constituem o patrimônio da humanidade.

Carlinhos Antunes é multi-instrumentista, cantor, compositor e arranjador. Integrou o grupo Tarancón, de 1985 a 1987. Gravou seu primeiro disco solo, “Paisagem Bailarina” em 1996. Desde então, Carlinhos Antunes fez inúmeros trabalhos de relevância no Brasil e em outros países. Em 2004, com o projeto “Sobre Todas as Cordas”, Carlinhos Antunes fez shows e gravou especiais para a televisão.

O Quarteto Mundano, versão reduzida da Orquestra Mundana, grupo criado pelo músico e compositor Carlinhos Antunes, apresenta um estilo que mescla diferentes ritmos e melodias como a valsa, o maxixe, o choro, o mussete francês e as músicas africana e oriental. É formado por Carlinhos Antunes, Beto Angerosa, Rui Barossi, Lia Aroeira, e participação especial de Vitor Lopes.

O compositor, flautista e cantor Paulo César Castilho (conhecido como P.C. Castilho) é bacharel em Flauta Transversal pela faculdade UNI-RIO. PC tem uma larga experiência como músico de diversos artistas e grupos. Atualmente é integrante da banda da cantora Nilze Carvalho e do cantor Edu Krieger e músico convidado do grupo Sururu na Roda.

A entrada para a apresentação musical de encerramento do VII Festival da Mata Atlântica: Floresta, Rios e Mar e da III Semana do Mar é gratuita.

Projeto Tamar – Criado há 35 anos, o Projeto Tamar é uma soma de esforços entre o Centro Tamar/ICMBio e a Fundação Pró-Tamar. Tem o patrocínio oficial da Petrobras, através do programa Petrobras Socioambiental, e o apoio do Título de Capitalização Bradesco Pé Quente. Atua em nove estados brasileiros onde recebe diversos apoios locais. Em Ubatuba, recebe o apoio da Arcor do Brasil e da Prefeitura Municipal de Ubatuba. Todos os recursos captados são revertidos integralmente para as atividades de conservação das tartarugas marinhas.

 Serviço:

III Semana do Mar

De 5 a 11 de junho

Mais informações:

Projeto Tamar (12)3832 6202 | 3832 7014

Endereço Projeto Tamar:

Rua Antonio Athanásio, 273 – Itaguá, Ubatuba/SP

Funcionario
/* * VLibras */